• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • CADASTRO REGIONAL DE ÓRGÃOS E ENTIDADES DO MPT-MS 2
  • banner 2022
  • outdoor-trafico
  • Plantao
  • WhatsApp Image 2020-03-25 at 08.42.33

Cerimônia virtual marca Prêmio MPT na Escola

Concurso premia os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais de estudantes das instituições de ensino que integram o projeto em todo o Brasil

Brasília, 09/12/2021 - Os vencedores da etapa nacional do Prêmio MPT na Escola participaram nessa terça-feira (7) de cerimônia virtual de entrega da premiação. O concurso cultural Concurso premia os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais de estudantes das instituições de ensino que integram o projeto em todo o Brasil. Nesta edição, foram entregues prêmios nas categorias conto, música, desenho e poesia, subdivididas em grupo 1, voltado a alunas e alunos do 4° e 5º do ensino fundamental, e grupo 2, destinado a estudantes do 6º e 7º ano ensino fundamental.

Abertura

Durante o início da cerimônia, a coordenadora nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) do MPT, Ana Maria Villa Real, destacou que a iniciativa é um projeto que traz informação, conhecimento, empoderamento e que promove cidadania e sonhos. “O trabalho infantil retira oportunidades e faz com que as infâncias e as famílias percam suas esperanças. Nessa seara do combate ao trabalho infantil, muitas vezes a ausência do Estado e de políticas públicas embrutecendo as pessoas e achando que só há realmente aquela possibilidade. O que o MPT na Escola faz é levar esse conhecimento, fazer com que crianças e adolescentes, com a ajuda de educadoras e educadores, tenham conhecimento sobre os seus direitos”, explicou a coordenadora nacional da Coordinfância.

A gerente nacional do eixo educação do Projeto Resgate à Infância, Luísa Carvalho Rodrigues, ressaltou o caráter coletivo e transformador da iniciativa e lembrou que 2021 é o Ano Internacional para Eliminação do Trabalho Infantil. “O Prêmio MPT na Escola vem somar nesse esforço em prol da infância e ele se destina a reconhecer e a divulgar toda a dedicação dessas crianças, das suas professoras, dos seus professores, das coordenadoras e dos coordenadores desse projeto. Apesar de todas as dificuldades que encontramos nesses últimos dois anos, em especial em 2021, nós tivemos um grande engajamento”, afirmou a gerente do Projeto Resgate à Infância.

Segundo a gerente nacional do projeto, participaram desta edição mais de 500 mil de estudantes e cerca de 50 mil educadoras e educadores de 5 mil escolas localizadas em cerca de 300 municípios.

Para o procurador-geral do Trabalho (PGT), José de Lima Ramos Pereira, o Prêmio MPT na Escola é um dos projetos mais importantes da instituição porque leva informação, conscientização à comunidade escolar, que é o nosso presente e futuro, sobre direitos fundamentais e empoderamento de crianças e adolescentes. “É um projeto de promoção da cidadania que mostra a adolescentes a vastidão de seus direitos. O trabalho infantil é uma grave violação de direitos e que tira vidas, deixa sequelas, retira esperança de nossas crianças e adolescentes. A gente precisa saber que temos tempo para tudo, para estudar, para brincar e para trabalhar”, disse o PGT.

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Alberto Balazeiro, destacou a capilaridade e envergadura do projeto e enfatizou que a iniciativa premia ações efetivas de combate ao trabalho infantil. “Fiquei impressionado com as apresentações e a qualidade dos trabalhos bem como o envolvimento dos alunos e professores no combate a essa chaga que é o trabalho infantil”, afirmou o ministro do TST.

A cerimônia de abertura contou, ainda, com a vice-presidenta da Associação Nacional dos Procuradores e Procuradoras do Trabalho (ANPT), Lydiane Machado e Silva, o diretor do escritório do Brasil da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Martin Hahn, o representante do Movimento pelo Protagonismo Juvenil, Carlos Daniel Gomes dos Santos.

Premiação

Além da presença virtual de estudantes, o anúncio da classificação final contou com a torcida de educadoras e educadores que auxiliaram as crianças e adolescentes na elaboração dos trabalhos. Os finalistas demonstraram um misto de nervosismo e alegria por participar da premiação. Na ocasião, os estudantes apresentaram ao vivo os contos e poesias finalistas e houve exibição dos desenhos e clipes das músicas premiadas.

A vencedora da categoria música, Ana Júlia dos Santos Nogueira, de Fortim (CE), sintetiza o sentimento dos ganhadores desta edição. “É uma emoção muito grande. Uma experiência incrível. Não sei o que dizer”, disse.

Lista das vencedoras e dos vencedores:

Grupo 1 – Alunas e alunos do 4° e 5º do ensino fundamental

CATEGORIA CONTO

1º Lugar:

Autora: Fernanda Alícia Ferreira Lopes

Escola: EEB Professora Joana Paula de Morais

Município: Morada Nova (CE)

Trabalho: “Criança é pra ser criança”

2º Lugar:

Autora: Ana Clara Lúcio do Nascimento

Escola: EM Professora Maria Gertrudes Mota de Lima

Município: Boa Vista (RR)

Trabalho: “A história de João”

3º Lugar:

Autor: João Rafael Silva Almeida Leal da Anunciação

Escola: EM Teresa Cristina

Município: Salvador (BA)

Trabalho: “Trabalho infantil, não!”

CATEGORIA DESENHO

1º Lugar:

Autores: Yasmin Elizabeth Goulart e Icaro Osiel Paulino Andrade

Escola: EM Eva Cordula Hauer Vallejo

Município: Atibaia (SP)

Trabalho: “Escola e família podem transformar a história do mundo”

2º Lugar:

Autor: João Petrus Freire da Silva

Escola: EEF Zé Melancia

Município: Aracati (CE)

Trabalho: “Trabalho infantil nem na imaginação”

3º Lugar:

Autor: Anthony Noé Oliveira Bezerra

Escola: EM Aquilino da Mota Duarte

Município: Boa Vista (RR)

Trabalho: “Diga não ao trabalho infantil”

CATEGORIA MÚSICA

1º Lugar:

Autores: Sarah Rodrigues Barreto e Samuel Palharim Alves de Araújo

Escola: EM Professora Odila de Souza Teixeira

Município: Assis Chateaubriand (PR)

Trabalho: “Ei, você que também já foi criança!”

2º Lugar:

Autora: Sophia Maria Barbosa Sales

Escola: EEF João Rodrigues Maia

Município: Jaguaruana (CE)

Trabalho: “Brincar e aprender, trabalhar quando crescer”

3º Lugar:

Autor: Dharlan Guilherme dos Santos Souza

Escola: EM Rubem Arruda Câmara

Município: São Pedro da Aldeia (RJ)

Trabalho: “A vida de João”

CATEGORIA POESIA

1º Lugar:

Autora: Eduarda Ferreira Pinheiro

Escola: EMEF Altair Siqueira Costa

Município: Serra (ES)

Trabalho: “Criança de atitude”

2º Lugar:

Autor: Felipe Wendel Leão Santos

Escola: EM Eugênia Anna dos Santos

Município: Salvador (BA)

Trabalho: “Criança tem que trabalhar?”

3º Lugar:

Autora: Ana Alice Freitas Silva

Escola: EM Engenheiro Oscar Weinschenck

Município: Congonhas (MG)

Trabalho: “Criança Trabalha?”


Grupo 2 – Alunas e alunos do 6° e 7º do ensino fundamental

CATEGORIA CONTO

1º Lugar:

Autora: Elisa Oliveira Silva Brito Santos

Escola: EM Professora Maria Mazarello

Município: Belo Horizonte (MG)

Trabalho: “Grandes oportunidades trazem grandes mudanças”

2º Lugar:

Autora: Karoline Rodrigues dos Santos

Escola: EMEF Plácido de Almeida

Município: Cabedelo (PB)

Trabalho: “A menina que queria crescer”

3º Lugar:

Autor: André Vinícius do Carmo Passos

Escola: EM Doutor Cássio Leite de Barros

Município: Corumbá (MS)

Trabalho: “A Missão”

CATEGORIA DESENHO

1º Lugar:

Autora: Ana Lívia Passos Santos de Oliveira

Escola: Escola Horácio Fontenele Magalhães

Município: Viçosa do Ceará (CE)

Trabalho: “Estudo e aprendizagem profissional são a chave para a realização de sonhos”

2º Lugar:

Autora: Débora Sara Bruno Mariscal

Escola: EMREI Eutrópia Gomes Pedroso

Trabalho: “Profissionalização do adolescente, aprendizagem profissional”

Município: Corumbá (MS)

3º Lugar:

Autor: João Pedro Belém Moreira

Escola: EMEF Stélida Dias

Município: Cariacica (ES)

Trabalho: “Reflexo do Futuro”

CATEGORIA MÚSICA

1º Lugar:

Autora: Ana Julia dos Santos Nogueira

Escola: EEFM Professora Maria Luiza

Município: Fortim (CE)

Trabalho: “Bem Precioso”

2º Lugar:

Autoras: Izabella Souza Soares e Vitória Alves de Souza

Escola: EM Tiradentes

Município: Taiobeiras (MG)

Trabalho: “Jovem Aprendiz”

3º Lugar:

Autores: Arthur Leôncio Lola e Daniel Leôncio Lola

Escola: EM de Pontal

Município: Juazeiro (BA)

Trabalho: “Adolescente aprendiz”

CATEGORIA POESIA

1º Lugar:

Autor: Italo Ramon Alves Rodrigues

Escola: EEIEF Coronel Luiz Duarte

Município: Jucás (CE)

Trabalho: “Adolescência e trabalho”

2º Lugar:

Autor: Samuel Victor Belarmino

Escola: EMEB Philomena Salvia Zupardo

Município: Itatiba (SP)

Trabalho: “Os sonhos são nuvens”

3º Lugar:

Autora: Emilly Katarine Mendes Patrício Leite

Escola: EMEIEF Analice Caldas

Município: João Pessoa (PB)

Trabalho: “Aprender e sonhar”

Fonte: Procuradoria-Geral do Trabalho
Informações: (61) 3314-8101/8233
www.mpt.mp.br

Tags: trabalho infantil, Coordenadoria nacional de combate a exploração do trabalho da criança e do adolescente , Coordinfância , trabalho infantil doméstico, Prêmio MPT na Escola, Combate ao trabalho infantil

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • socioambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos